terça-feira, 27 de abril de 2010

Nunca alguém pareceu tão triste!


"Nunca alguém pareceu tão triste. Amarga e escura, a meio caminho nas trevas, sob o feixe de luz que fugia do sol para encerrar-se nas profundezas, talvez uma lágrima se tenha formado; e uma lágrima caiu; as águas agitaram-se de um lado para o outro e receberam-na, depois acalmaram-se. Nunca alguém pareceu tão triste."

Trecho retirado do livro Rumo ao Farol, de Virginia Woolf.

2 comentários:

  1. Adoro Virginia!
    Adoro...
    Esse trecho me doeu toda!

    Adorei o blog!
    vou seguir
    bjos

    ResponderExcluir